X
Case

Diversificar e agregar valor para aumentar a competitividade: Pró-Valor Minas – Programa para Agregação de Valor ao Produto


Em busca da promoção do aumento da competitividade da indústria mineira, a FIEMG lançou, em 2012, em parceria como governo do estado de Minas Gerais e a Escola de Engenharia da UFMG o Programa PRÓ-VALOR MINAS. Ação caracterizada como um Programa de Planejamento Setorial, o Pró-Valor Minas tem como finalidade auxiliar empresas do estado a desenvolverem produtos com maior valor agregado, para clientes e setores de mercado diferentes dos atualmente atendidos, promovendo o aumentando da competitividade do setor.

A primeira versão do programa foi desenvolvida e implantada em parceria com a consultoria Aceleradora D.E. e com o Núcleo de Tecnologia da Qualidade e da Inovação (NTQI), do Departamento de Engenharia de Produção da EEUFMG. Voltada para empresas do setor de competência metalmecânico e contendo amostra de 20 indústrias da região do Vale do Aço, foram utilizados e customizados o método Strategic Roadmapping (Mapeamento de Rotas Estratégicas) e ferramentas inovadoras voltadas para identificação de estágio tecnológico de empresas e benchmarking industrial. O IEBT e seus parceiros desenvolveram uma análise do desenvolvimento do setor no médio e longo prazos, identificando ações necessárias para o desenvolvimento de novos produtos e competências para o setor.

Estas ações permitiram o estabelecimento de uma visão de futuro do setor, representada por meio de um plano de ação que contém programas estruturantes, com etapas e orçamento explicitados.

A partir foram envolvidos agentes formadores de políticas públicas e industriais e agentes financiadores, em busca da transformação da estratégia em ação visando o desenvolvimento do setor.

Os resultados advindos do Programa foram mensurados no primeiro semestre do ano de 2015, sendo assim, podem ser diferentes no momento.


Resultados Tangíveis

  • 53 Apoio à captação de 53 milhões de reais junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento, como resultado de um dos vários programas estruturantes desdobrados
  • 1000 Árvore de produto com mais de 1.000 produtos e peças desdobrados para análise de viabilidade de produção junto a especialistas e empresários do setor
  • 1 Escritório de Negócios inaugurado na Escola de Engenharia da UFMG
  • 8 Projetos de novos produtos gerados junto às empresas, com um valor inicial de 400 mil reais

Resultados Intangíveis

  • Mapeamento da rota de desenvolvimento de tecnologias e produtos do setor de competência metalmecânico para 3 setores de mercado em um período de 20 anos
  • Mapeamento de clusters do setor metalmecânico de todos os continentes do mundo, como benchmarks para o setor mineiro
  • Envolvimento de especialistas do setor metalmecânico, especialistas de 3 setores de mercado com potenciais clientes do setor, agendes formadores de políticas públicas e industriais e agentes de fomento como potenciais financiadores do setor
  • Promoção de missões empresariais para visitas a potenciais clientes e visitas de potenciais clientes nas empresas
“Queremos dar um salto qualitativo no planejamento econômico de Minas Gerais, a partir de um diagnóstico setorizado da indústria mineira, sua aproximação com as necessidades de mercado e uma maior interação entre o setor produtivo e o meio acadêmico, produtor de conhecimento”

https://www.youtube.com/watch?v=Q72oFT01k0k
(16/06/2014)
Antônio Anastasia – Governador de Minas Gerais 2010-2014
“O modelo em implantação em Minas é usado pelas regiões mais competitivas do mundo, através da interação entre universidade, indústria e governos para o desenvolvimento de produtos com alta agregação de valor”

http://www.elo.eng.ufmg.b...alor_minas&id=4.
(16/06/2014)
Fábio Veras – Diretor de Operações do Sebrae/MG
De acordo com presidente do Sindimiva, este foi o melhor workshop dos últimos tempos. “Este encontro foi muito produtivo para as empresas do Vale do Aço. O segmento ferroviário ainda é pouco explorado em nossa região e as empresas Progress e VLI deram grande abertura para possíveis negócios, possibilitando que aumentemos nossa carteira de trabalho em curto espaço de tempo”, afirmou.

http://www7.fiemg.com.br/...grama-pro-valor
(16/06/2014)
Jeferson Bachour – Presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Ipatinga - Sindimiva